almôndegas picantes de bulgur em molho de tomate e tamarindo

Tenho uma confissão a fazer-vos! Eu já fui vegetariano! É verdade, durante duas fases da minha vida o meu regime alimentar foi exclusivamente vegetariano.

A primeira fase ocorreu muito cedo, praticamente nem me recordo porque era muito novo, os meus pais a determinada altura optaram por introduzir esse tipo de alimentação e assim durou alguns anos. Mais tarde, com o meu crescimento e ida para a escola, foi difícil manter esse regime perdendo-se lentamente com o tempo.

Por convivência familiar sempre tive contacto com a área da saúde e medicina natural, por isso o tofu e o leite de soja nunca foram alimentos estranhos para mim. Talvez por isso, já na minha adolescência, tomei a decisão de tornar-me novamente vegetariano. Um pouco movido por alguma moda social talvez, mas a verdade é que já nessa altura procurava uma alimentação mais saudável e completa. E assim foi durante quatro anos!

Acho que na altura não tinha plena consciência do que isso envolvia. Hoje, se voltasse a ser vegetariano, tenho a certeza de que o faria de forma mais consciente e equilibrada. Várias vezes penso nisso, mas assumo, gosto muito de um bife do lombo mal passado e seria muito difícil dizer adeus pela última vez a um bom peixe grelhado!

Apesar disso, tento limitar o consumo de carne e manter uma alimentação mais vegetariana. Faz-me confusão perceber que algumas pessoas não vivem sem comer carne diariamente como se não conhecessem mais nenhum alimento. E tenho pena que os meus pais, ao longo do tempo, tenham perdido muitos hábitos de uma alimentação mais saudável e cuidada.

Estas almôndegas não são exageradamente picantes. Porém, estejam à vontade para alterar a quantidade de chilli. O tamarindo é um fruto originário de África mas actualmente é cultivado maioritariamente na Índia. O seu sabor agridoce torna-o excelente para fazer chutneys ou outro tipo de molhos. Eu usei a pasta de tamarindo prensada e sem sementes que é vendida em pequenas embalagens nos supermercados chineses ou indianos. Dessa pasta prepara-se a polpa de tamarindo com água quente e é essa polpa que se deve usar nos cozinhados. Mais tarde mostrarei como transformar a pasta em polpa mas se procurarem na net encontram muita informação sobre isso.

almôndegas de bulgur com molho de tomate e tamarindo

Almôndegas de bulgur com especiarias em molho de tomate e tamarindo

Ingredientes

Almôndegas

Para 20 almôndegas (para formar as almôndegas usei uma colher de gelado)

  • 200g de bulgur
  • 2 chillies médios vermelhos
  • 1 cebola média, cortada ao meio
  • 1 pedaço de gengibre fresco sem casca, aprox. 3cm
  • 1 molho generoso de coentros
  • Azeite
  • 2 colheres de chá de sementes de coentro
  • 130g de flocos de aveia
  • 3 ovos, batidos
  • 3 colheres de chá de mostarda de Dijon
  • 2 colheres de chá de sementes de mostarda preta
  • 3 cravinhos
  • Sal integral a gosto

Molho de tomate e tamarindo

  • 1 lata de 780g de tomate pelado
  • 1 cebola média, finamente picada
  • 2 alhos, picados
  • 1 colher de chá de curcuma
  • 6 colheres de sopa de polpa de tamarindo
  • 3 colheres de sopa de açúcar
  • Raspa de 1 lima
  • Sal integral a gosto
  • Coentros picados, para servir

Vamos a isso

Molho de tomate e tamarindo

Escorra o tomate pelado de maneira a eliminar a maior parte da água. De seguida use uma varinha mágica para triturar grosseiramente o tomate só para ficar mais cremoso.

Frite a cebola, o alho e a curcuma numa frigideira com um pouco de azeite. Quando ficar translúcida acrescente o tomate. Deixe levantar fervura e adicione o tamarindo, o açúcar, tempere a gosto com sal e finalize com a raspa de lima. Reserve o molho.

Almôndegas

Comece por cozer o bulgur em água temperada com sal. O bulgur coze-se com o dobro do seu volume em água, durante aproximadamente 10 minutos. Depois de cozido transfira para um recipiente grande e deixe arrefecer.

Reduza os flocos de aveia a farinha usando um processador de alimentos e reserve.

No processador de alimentos junte o chilli, a cebola, o gengibre, os coentros, um fio de azeite e uma pitada de sal. Pique tudo muito bem.

Numa frigideira grande aqueça as sementes de coentro. Quando estiverem ligeiramente tostadas, retire-as e deixe arrefecer. Esmague-as juntamente com o cravinho, usando um almofariz.

Na mesma frigideira, frite durante dois a três minutos a mistura de chilli, cebola, gengibre e coentros.

Adicione todos estes ingredientes ao bulgur juntamente com os ovos, a mostarda e as sementes de mostarda. Envolva tudo muito bem até formar uma mistura suficientemente consistente para moldar as almôndegas. Se achar necessário acrescente um pouco mais de farinha de aveia. Forme as almôndegas usando como medida uma colher de gelado.

Na mesma frigideira que usou anteriormente aqueça um pouco de azeite e frite as almôndegas, deixando-as caramelizar bem. Junte o molho de tomate e tamarindo previamente preparado e deixe cozinhar mais um minuto ou dois. Sirva polvilhado com coentros picados.

26 Comments

  1. Angela Mourão 13/03/2014 at 22:15 · Reply

    O que é bulgur…

    • Filipe 14/03/2014 at 12:23 · Reply

      Olá Angela, o bulgur é produzido a partir de várias espécies de trigo. Os grãos são cozidos e depois de secos ao sol são partidos em diversos tamanhos. É muito utilizado na cozinha do médio oriente. É cozinhado da mesma forma que o arroz.

  2. Célio Cruz | Sweet Gula 13/03/2014 at 22:30 · Reply

    Cá por casa procuramos cada vez mais este tipo de refeições. Claro que não dispensamos um bom prato de carne, mas esta vai sendo cada vez menos frequente na nossa alimentação. Existem deliciosas refeições vegetarianas, como estas almôndegas deliciosas que nos trazes.
    Adorei as imagens, muito inspiradoras.;)
    Um abraço.

    • Filipe 14/03/2014 at 12:17 · Reply

      Aqui também é um hábito cada vez mais presente. Tentamos não entrar em radicalismos mas de facto existem outras alternativas muito boas e saudáveis! Abraço

    • Filipe 14/03/2014 at 12:14 · Reply

      Ainda bem que gostaste Silvia! beijinho!

  3. Paula 14/03/2014 at 8:48 · Reply

    Que excelente sugestão! vou experimentar concerteza. Tenho uma filha adolescente que não come carne, embora coma ainda peixe, e eu estou sempre à procura de alternativas diferentes e deliciosas, como parece ser o caso.

    beijinhos

    • Filipe 14/03/2014 at 12:13 · Reply

      Obrigado Paula, é uma excelente opção para quem não come carne! beijinho

  4. Ondina Maria 14/03/2014 at 9:52 · Reply

    Não conseguia ser vegetariana. Gosto muito de carne e peixe embora não sinta necessidade nenhuma de os consumir numa base diária, muito pelo contrário. Acho que neste momento até estamos a consumi-los numa média de 1 a 2 vezes por semana, o que é bem menos do que tínhamos equacionado :)
    Olha, gosto destas almôndegas. Logo vou passar na loja do indiano para trazer a pasta de tamarindo. Bulgur há sempre em casa, portanto não tenho desculpas :D

    • Filipe 14/03/2014 at 12:12 · Reply

      Tem semanas em que nem sequer comemos carne. Mas sinceramente não gosto de ultrapassar a meta de 1x por semana. Faz e diz como ficou, adoro o sabor do tamarindo e acho que a raspa de lima funciona aqui muito bem! beijinho

  5. Mariana 14/03/2014 at 11:21 · Reply

    Aqui em casa também tenho vindo a adoptar uma alimentação o mais saudável possível mas tudo com equilíbrio e sem ser radical afinal quem diz não a um bom bifinho ou um peixe grelhado e claro uma sobremesa mais calórica hehehe. Mas confesso que ando mais virada para este tipo de comidinhas e só pode estar uma delicia pois tem um aspecto fabuloso

    beijinho e bom fim de semana!

    • Filipe 14/03/2014 at 12:09 · Reply

      Sim também não sou de radicalismos, o importante é encontrar um equilibrio. Obrigado beijinhos

  6. Gori 14/03/2014 at 11:49 · Reply

    Que coincidência, para o almoço também estou a fazer almôndegas de bulgur, mas com lentilhas :)
    Adorei esta receita, a experimentar brevemente mas provavelmente sem o tamarindo pois vou ter dificuldade em o encontrar, mas também deve ficar bom sem ele, não é?
    Muitos parabéns pelo primeiro aniversário do blog, um ano muito bom, cheio de receitas interessantes e que demonstram bem a sua paixão pela comida, e pelas fotos lindas que tão bem as complementam.
    Bom fim de semana

    • Filipe 14/03/2014 at 12:08 · Reply

      Que engraçado!! Sim resulta perfeitamente sem o tamarindo, faça um molho de tomate simples aromatizado com alecrim, fica espectacular! Obrigado e bom fim de semana!

  7. Sónia Gunza 14/03/2014 at 12:32 · Reply

    olá Filipe! que fantásticas receitas…! como sabes adoro cozinhas, mas principalmente comer! obrigada por partilhares connosco as tuas descobertas culinárias. saudades!

    • Filipe 14/03/2014 at 22:49 · Reply

      Sónia! Que saudades, é um prazer ter-te aqui! Espero que voltes mais vezes! beijinho!

  8. Dora 14/03/2014 at 12:35 · Reply

    Tenho de confessar que mesmo não gostando de Almondegas, estas estão com um aspecto delicioso :)

    • Filipe 17/03/2014 at 10:12 · Reply

      Também pode fazer hamburgers!! :)

  9. Gilberta 14/03/2014 at 15:51 · Reply

    Fabulosa, esta receita! Vou partilhar e experimentar de certeza, pois cá em casa também optamos maioritariamente por refeições vegetarianas.
    Beijo

    • Filipe 17/03/2014 at 10:11 · Reply

      Gilberta, quando experimentar diga como ficou!

  10. Gea 14/03/2014 at 18:17 · Reply

    olá Filipe,
    Também eu já fui vegetariana (nos tempos da faculdade) e fiquei anos sem comprar carne mas depois conheci o meu marido e não estando nada, na altura, virado para essa onda voltei ao mesmo (pois é, o amor tem destas coisas também eh, eh,eh). No entanto, ultimamente tenho reduzido imenso a carne e tenho feito pelo menos uma a duas refeições vegetarianas por semana e várias de peixe. A carne passou a ser a última escolha… e o meu marido já não estranha ou se queixa! Mas sinto que preciso de alargar as minhas receitas (muitas invento) e produtos. Ando mesmo para comprar um bom livro de receitas vegetarianas e sei que está para sair um muito bom brevemente…
    Quantas às almondegas têm um excelente aspecto, mas não posso usar o bulgur por causa da minha filha. Como poderei substituí-lo? Obrigada

  11. Ginja 15/03/2014 at 17:54 · Reply

    Filipe, como me revejo um pouco no que dizes.
    Eu poderia ser vegetariana, pois podia, não sinto falta de carne, mas um bom peixe grellhado acho que não conseguiria passar sem ele.
    Adoro fazer almôndegas de bulgur, costumo associar com lentilhas e em casa são preferidas às de carne, a sério! Adorei a tua receita e quero ver se faço um dia, esse molho deve ser delicioso.
    Um beijinho.

    • Filipe 17/03/2014 at 10:04 · Reply

      Tenho que experimentar a tua receita, também deve ser óptima! Sim principalmente o peixe! Não conseguiria viver sem ele, ainda por cima o que de melhor se come nos Açores é o peixe! :)

  12. Lia 18/03/2014 at 12:24 · Reply

    Olá Filipe,
    Identifico-me na totalidade com tudo o que escreves. Adoro um bom bife grelhado e peixe então, nem se fala e por isso mesmo, nunca seria vegetariana por completo, mas cada vez mais cozinhamos e consumimos menos carne cá em casa e quando a há, é ainda mais valorizada e apreciada.
    Estas tuas almôndegas deixaram-me a salivar desde o dia em que as publicaste e embora ainda não tivesse tido tempo de vir cá comentá-las, admirei-as já por várias vezes e até já anotei a receita, pois esta não me escapam e será para breve…
    Quanto ao teu pão, acreditas que já o fiz 2 vezes e ainda não consegui fotografá-lo como deve ser para pôr no blogue, pois esta gente aqui em casa, assim que o vêem na grelha de arrefecimento começam logo a devorá-lo…, bom acho que isso diz muito sobre o bom do pãozito…
    Beijinhos,
    Lia.

  13. frango do campo 18/03/2014 at 16:17 · Reply

    tamarindo ou tamarilho hehe :) estou a brincar claro, o que se falou disto no facebook hehe
    e que grande surpresa :) eu não sou vegetariana mas sinto-me mesmo muito bem a fazer algumas refeições vegetarianas por semana e estas almondegas não me vão falhar :) beijinho

Leave a Reply

Back to top