Assado de tupinambo e pastinaca com avelã tostada e molho camembert

A primeira vez que encontrei tupinambo foi num mercado biológico no Porto não há muito tempo. Até então era-me completamente estranho e, não fosse o senhor que os vendia a dar-me algumas dicas, não sabia o que fazer com ele. E que bela descoberta foi. É doce, outonal, combina perfeitamente com cogumelos ou pastinaca e felizmente já não é assim tão difícil de encontrar.

Geralmente feios, é verdade, e com alguma terra agarrada, mas por favor não julguem este pequeno tubérculo pelo sua aparência, porque aquilo que lhe falta em aspecto transborda em sabor! E se entrarmos pelo campo da estética… já olharam bem para o bolbo de aipo? Enfim, aparências à parte, a verdade é que o tupinambo, para além de rico em sabor, é altamente versátil. Cozido, assado, frito, em sopas ou cremes, com ou sem casca. As possibilidades são muitas. Eu continuo a preferi-lo assado, sem casca (apesar do trabalho que dá descascar uma coisa tão pequena e irregular). Juntem-lhe um bocadinho de azeite e salva e vão perceber do que falo.

Agora que está na época, é a melhor altura para o saborear, por isso não foi preciso pensar muito quando me contactaram para desenvolver uma receita com queijo. Ainda por cima queijo francês, porque se há coisa pelo qual tenho profundo respeito é pelos queijos franceses e, principalmente, pela forma sumptuosa com que sabem consumi-los.

Esta receita foi desenvolvida em parceria com a Merci Chef!, uma marca que tem como objectivo promover os queijos franceses. Apesar da sua gama ainda não estar toda disponível em Portugal, a oferta é vasta e inclui queijo de cabra, vaca ou ovelha. Por cá, para já é possível encontrar os clássicos Camembert e Chèvre.

queijo camembert e avelãs

Assado de tupinambo e pastinaca com avelã tostada e molho camembert

queijo camembert merci chef com pimenta

Assado de tupinambo e pastinaca com salva crocante, avelã tostada e molho camembert

Serve 2

  • 300g de tupinambo, descascado
  • 6 pastinacas pequenas, descascadas e cortadas ao meio
  • 2 dentes de alho, picado
  • 10 folhas de salva
  • Sal integral, a gosto
  • Azeite
  • 50g de avelãs

Molho

  • 1 fio de azeite
  • 2 hastes de tomilho
  • 1 dente de alho, picado
  • 1 colher de sopa manteiga
  • 30 ml (2 colheres de sopa) de vinho branco
  • 100g de queijo Camembert Merci Chef! com pimenta, sem casca e cortado em cubos
  • 45 ml (3 colheres de sopa) de caldo de legumes

Procedimento

1. Aquecer o forno a 200°. 2. Num tabuleiro coloque o tupinambo, a pastinaca, o alho e a salva. Tempere com um fio de azeite e sal. Envolva tudo e asse no forno durante 25 a 35 minutos. 3. Prepare agora um tabuleiro mais pequeno com as avelãs e leve ao forno cerca de 10 minutos para tostarem. Cuidado para não queimar. Assim que estiverem prontas, retire do forno e deixe arrefecer, de seguida pique-as grosseiramente.

Molho

1. Aqueça uma caçarola com um fio de azeite. Frite lentamente o tomilho juntamente com o alho até começar a alourar. Junte a manteiga e envolva até derreter. 2. Refresque com o vinho branco e deixe ferver alguns segundos para o evaporar álcool. 3. De seguida baixe o lume e acrescente o queijo. Mexa constantemente até derreter totalmente. 4. Adicione o caldo de legumes e envolva até ficar cremoso (pode acrescentar mais caldo se achar necessário). 5. Sirva o tupinambo e a pastinaca polvilhados com a avelã tostada e finalize com o molho Camembert.

Receita: Filipe Lucas Frazão
Fotografia e Styling: Filipe Lucas Frazão

6 Comments

  1. Monica T 06/12/2015 at 9:22 · Reply

    Gosto tanto, mas nem sempre é facil de encontrar. Adoro as fotografias!

    • Filipe 05/01/2016 at 9:53 · Reply

      Obrigado Monica! Por aqui até tenho tido sorte felizmente!

  2. Manuela 07/12/2016 at 18:35 · Reply

    Magnifico! Sempre lindas as fotos e a receita parece maravilhosa! nunca comi tupinambo, tem sido dificil de encontrar por aqui. Mas a próxima vez que me cruzar com ele não escapa.

    • Filipe 05/01/2016 at 9:54 · Reply

      Experimente e diga-me o que achou!

  3. Claudia 10/12/2016 at 14:45 · Reply

    Adoro! Tenho comido tupinambo assado também, gosto muito! Esse molho!!

    • Filipe 05/01/2016 at 9:54 · Reply

      Obrigado Claudia! O molho é maravilhoso!

Leave a Reply

Back to top