esparguete com alho e rúcula

Habitualmente passo metade da semana em Lisboa, às vezes até mais, e o resto nas Caldas. Uma das alegrias que tenho quando chego às Caldas é ir até à horta ver o seu desenvolvimento. Há sempre coisas novas para me surpreender e a semana passada não foi excepção.

Este ano foi a primeira vez que cultivei rúcula, estava até um pouco céptico em relação ao seu desenvolvimento. Plantei-as e lá ficaram, pequeninas. Quando volto, duas semanas depois, nem queria acreditar na poderosa mancha verde que encontrei! Cresceu tanto e tão rapidamente que tive que provar uma para ter a certeza que era rúcula! Confirma-se, é rúcula e é deliciosa!

Apanhei-a quase toda. Com a maior fiz um gigante frasco de pesto com amêndoa, a mais pequena alegrou este prato de pasta. Espero que quando voltar para a semana ela esteja lá novamente para me dar as boas vindas!

Esparguete com rúcula salteada alho e chilli

Ingredientes

2 pessoas

  • 200g de esparguete
  • 2 mãos cheias de rúcula
  • Azeite qb
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 chilli vermelho fatiado e sem sementes
  • Sal marinho
  • Parmesão

Vamos a isso

Cozer o esparguete em água abundante temperada com sal. Escorra e reserve um pouco da água de cozedura.

Numa frigideira aquecer uma quantidade generosa de azeite com o alho picado e metade do chilli. Quando o alho começar a ganhar cor junte a rúcula quase toda (reserve uma porção para o final). Saltear um pouco. Acrescente o esparguete e um pouco da água de cozer a massa. Envolva bem. Servir com mais um pouco de rúcula crua, o resto do chilli e parmesão ralado.

8 Comments

    • Filipe 14/06/2013 at 17:09 · Reply

      Obrigado!

  1. Ondina Maria 14/06/2013 at 22:28 · Reply

    Aqui na varanda também temos um vaso com rúcula selvagem. Não dá para o gasto (que somos muito comilões de rúcula) mas é sempre um prazer devorar as nossas (que às vezes comemos sem mais nada, só para apreciar o seu sabor maravilhoso).
    Estes pratos simples mas coloridos são uma tentação. E muito, muito versáteis!

    • Filipe 18/06/2013 at 10:42 · Reply

      Acho que nunca comi tanta rúcula e esta até parece mais saborosa!

  2. Ginja 15/06/2013 at 15:01 · Reply

    É mesmo bom chegar à horta e ver o que cresceu! daqueles pequenos prazeres :)
    Nunca cultivei rúcula mas fiquei cheia de contade depois do teu relato.
    Adoro em pesto e nas pastas fica deliciosa. Que belo prato!
    Um beijinho.

    • Filipe 18/06/2013 at 10:40 · Reply

      Devias experimentar Ginja, resulta muito bem! Ontem apanhei o segundo saco (cheio) no espaço de uma semana!

  3. my sweet cloud 18/06/2013 at 20:45 · Reply

    Adoro pastas e adoro pratos simples e rápidos!
    Esta massa está com um aspecto absolutamente delicioso! :)

  4. Tibor 07/08/2013 at 6:49 · Reply

    As receitas de massa fazem sempre sucesso cá em casa!Então assim gratinadas, com este tempo de frio e chuva, além de aquecer a cozinha aquece também o estomago e o coração!Beijinho.

Leave a Reply

Back to top