Flor de courgette recheada com ricotta e manjericão-canela

Ano após ano alguns acontecimentos repetem-se, uns fruto de uma rotina desbotada a precisar de mudança, outros são um sinal de que tudo está certo. Esse sinal por vezes vem em forma de flor. E se alguma pessoas, chegada esta altura têm pena de colher e aproveitar a flor de courgette para satisfazer um desejo gastronómico, eu sou capaz de passar o resto do ano à espera deste momento.

Não só pelo desejo… agora que penso nisso, funciona quase como um acto simbólico! A chegada das primeiras courgettes marca talvez o início de uma época cheia de coisas boas, e não falo só de coisas comestíveis. Haverá melhor forma de comemorar?!

A minha avó costuma dizer que se deve começar logo a colher as primeiras courgettes, mesmo pequenas, para estimular a produção da planta. Não sei se é verdade. Pelo sim, pelo não, o melhor é seguir esse ensinamento!

Flor de courgette e manjericão-canelaFlor de courgette, manjericão

A flor em si não tem grande sabor, depende muito do que usamos como recheio que, na realidade, pode ser qualquer coisa que a nossa imaginação alcance. Não dispenso o clássico ricotta! Neste caso, o manjericão-canela é o que está em melhor desenvolvimento por isso foi o escolhido, mas podem usar as ervas aromáticas que preferirem!

Gosto de encarar esta experiência como um todo: o crocante da tempura, o recheio de queijo quase a derreter ponteado por frescas notas de sabor e, por fim, se vier com mini courgettes agarradas, melhor! Mais um nível de textura para desfrutar!

Ingredientes

  • 10 flores de courgette médias

Recheio

  • 250g de ricotta
  • 1/2 mão de parmesão ralado
  • 1 mão bem cheia de manjericão-canela (ou outra erva aromática)
  • Raspa de 1 limão
  • 1/2 chilli vermelho picado
  • Sal marinho qb
  • Pimenta preta qb
  • Noz moscada qb

Polme

  • 1 chávena de farinha com fermento
  • 1 chávena e 1/2 de vinho branco (aproximadamente)
  • Sal marinho qb

Flor de courgette recheada

Vamos a isso

Passe as flores por água para retirar impurezas (interior e exterior).

Misture todos os ingredientes do recheio e tempere com sal, pimenta e um pouco de noz moscada.

Para preparar a polme, misture a farinha com o vinho branco e uma pitada de sal até obter uma consistência cremosa. Adicione mais farinha para engrossar ou vinho se ficar muito espesso.

Encher o interior das flores com o recheio previamente preparado, cuidado para não rasgar e abrir demasiado a flor. Eu usei um saco de pasteleiro para rechear. Feche a flor.

Passar a flor pela polme e fritar em óleo abundante bem quente. A fritura é muito rápida, assim que ficarem douradas retire e deixe repousar em papel absorvente.

Regue com um pouco de sumo de limão e coma rapidamente!

Flor de courgette recheada com ricotta

 

 

 

 

 

 

11 Comments

  1. Maria João Clavel 03/07/2013 at 11:46 · Reply

    simplesmente lindas e essa receita deve ser divinal. Nunca provei as flores de courgette, já vi várias receitas por aqui pelo mundo dos blogues, mas esta deixou-me mesmo a salivar. Que maravilha!!

    • Filipe 03/07/2013 at 11:53 · Reply

      Ainda bem Maria João! É delicioso, vale a pena experimentar!

  2. petiscos e miminhos 03/07/2013 at 13:31 · Reply

    quando estava em Itália comia imensas vezes flor de curgete panada, que saudades…

  3. Mena Lopes 03/07/2013 at 15:38 · Reply

    Pois estas flores dão que falar!! E sinceramente deixou a minha curiosidade aguçada!! E as minhas papilas ainda mais! Se o recheio é simplesmente delicioso, imagino o que nao conheço dessas flores!!
    Fantastica sugestão Filipe!
    Um beijinho.

    • Filipe 03/07/2013 at 16:27 · Reply

      Olá Mena! É também uma receita muito versátil porque dá para rechear com aquilo que mais gostamos! Beijinhos!

  4. Cacahuete 03/07/2013 at 16:15 · Reply

    Filipe,

    Parabens pelo blog esta excelente. E estas flores de courgette uma pura tentacao aos olhos e paladar.

    Bjs

    • Filipe 03/07/2013 at 16:32 · Reply

      Obrigado! Não conhecia o teu blog, vou ficar atento!

  5. Ginja 03/07/2013 at 19:24 · Reply

    Eu sou daquelas que sempre tive pena de colher as flores, mas este ano consegui aventurar-me :)
    Adoro as tuas fotos!! E esse manjericão canela que não conhecia.
    As flores são mesmo lindas e delicadas, conseguiste enaltecer toda a sua essência com esta receita.
    Esta será a próxima receita :) Um beijinho.

  6. Ondina Maria 03/07/2013 at 21:48 · Reply

    Eu sou das que tem pena de apanhar as flores… ano passado deixei-as murchar todinhas. Eram tão lindas, não tive coragem. Claro que depois acabei por me arrepender, mas já não havia nada a fazer!

  7. luisguimaraes 19/08/2013 at 13:23 · Reply

    É a mais pura das verdades eu quando estive em Itália,que era convidado a almoçar/jantar no verão em casa de amigos muitíssimas vezes comia esta iguaria panada. “entrada” ou recheadas com carne de faisão. maravilhoso.

    • Filipe 19/08/2013 at 14:57 · Reply

      Hummm com carne de faisão deve ser maravilhoso!

Leave a Reply

Back to top