Lagosta

Ali na Prainha do Galeão em São Caetano, vez por outra ouve-se o guincho que ora devolve os barcos ao mar, ora os retira numa delicada e hipnotizante operação que todos param para ver. Inclusive os miúdos que ali passam os dias entre brincadeiras e saltos para a água. É uma baía calma e bonita, para mim a mais bonita do Pico. A presença da montanha neste lado da ilha é monstruosa. E bela. É isso que torna tão especial a Prainha do Galeão. Isso e a sua história, cujo nome assinala a memória dum galeão ali construído no século XVI como forma de pagamento de uma dívida ao rei D. João III.

São Caetano

Lagosta grelhada

lagosta grelhada

É ali que o Serpa sai todos os dias de manhã com a sua lancha. Pelo menos quando o mar permite. O Serpa dedica-se à pesca da lagosta e fornece vários restaurantes tanto no Pico como no Faial. Normalmente sai cedo quando ainda não há ninguém no porto, por isso costumo apanha-lo na volta, quando estou eu a entrar para a mar. Sempre simpático, generoso. Trocamos dois dedos de conversa, falamos sobre a família, o mar, as férias que este ano são mais curtas e rápido se faz ao trabalho porque há sempre coisas a fazer.

Se há algo que prezo muito é a oportunidade de preparar e consumir um produto fresquíssimo com o menor número de intermediários possível. Pensem nesta lagosta, pescada pelo Serpa, viva e a cheirar a mar. Há qualquer coisa de simples e ao mesmo tempo grandioso nisto que me faz sentir preenchido. Ir ali abaixo, apanhar um peixe com as próprias mãos ou recebê-lo directamente do pescador, voltar para casa e celebrá-lo da forma mais grandiosa possível. É esta simplicidade que procuro.

Lagosta Grelhada com limão e manteiga de coentro

Lagosta

  • 1 lagosta viva (1kg)
  • 1 limão, cortado em rodelas

Manteiga de coentro

  • 6 colheres de sopa de manteiga com sal (de boa qualidade)
  • 1 alho, picado
  • 1 molho de coentros, picados
  • 1 chilli verde, picado
  • 1/2 limão, raspa

Procedimento

Manteiga

1. Derreta a manteiga numa pequena caçarola sem deixar levantar fervura. 2. Verta a manteiga para um processador de alimentos juntamente com o alho, o coentro e o chilli. Pique até ficar sem pedaços grandes. Aromatize com a raspa de limão e reserve dentro de um recipiente no frio até solidificar.

Lagosta

1. Coloque a lagosta esticada numa superfície com a barriga para baixo. Com uma faca grande e afiada corte a lagosta ao meio longitudinalmente, comece pela cabeça e termine no rabo. 2. Limpe o interior, retirando as vísceras. 3. Barre a carne da lagosta com a manteiga aromatizada. 4. Grelhe a lagosta com a carne virada para baixo durante 5 a 6 minutos. Depois vire e grelhe mais 2 a 3 minutos. A carne deve soltar-se facilmente da casca. 5. Grelhe também as rodelas de limão até ficarem bem caramelizadas de ambos os lados. 6. Sirva a lagosta com as rodelas de limão e a manteiga aromatizada.

Receita, Fotografia e Styling: Filipe Lucas Frazão

6 Comments

  1. Sanda 19/08/2016 at 21:18 · Reply

    Nunca comi lagosta na minha vida e tenho curiosidade do sabor. Esta parece mesmo apetitosa. Lindo!!

    • Filipe 01/09/2016 at 15:35 · Reply

      Temos que tratar disso!

  2. Manuela 21/08/2016 at 3:59 · Reply

    Corta-se a lagosta viva ? Eu sei que quando se coze ela vai para a panela viva, mas cortá-la não sei se sou capaz

    • Filipe 01/09/2016 at 15:34 · Reply

      Olá Manuela, pode parecer estranho e cruel mais é a forma mais rápida. Cozida também fica boa :)

  3. Marmita 29/08/2016 at 14:03 · Reply

    Eu já tive a sorte de comer lagosta, mas aposto que nada tinha a ver com essa! Pelo menos de sabor, parecia congelada, aposto que a tua estava maravilhosa! Quando tiver “tempo” faço esta tua receita, beijo.

    • Filipe 01/09/2016 at 15:44 · Reply

      Esta era de facto muito fresquinha e saborosa. É preciso algum “tempo” sim :) mas experimenta! beijinho

Leave a Reply

Back to top