• O que não pode faltar

    A nossa viagem já começou… São duas semanas de ausência, tento ser o mais minimalista possível com a bagagem e levar apenas o essencial, mas pergunto-me, porque custa sempre tanto a fechar a mala?! Não há nada a fazer, por menos coisas que leve…

  • tarte de alho francês caramelizado em vinagre balsâmico

    Às vezes não existe uma receita, nada planeado para cozinhar. Abre-se o frigorifico, vasculha-se as prateleiras da dispensa na esperança de encontrar algo que nos apeteça comer. Esta receita é fruto disso.

    Precisa de uns certos ajustes pois nem sempre temos tudo o que precisamos, mas a mistura do alho francês com o vinagre balsâmico desculpa quase tudo…certo?

  • iogurte caseiro, frutos secos caramelizados, frutos silvestres

    À semelhança da receita de pão caseiro, o iogurte é também das coisas mais simples de se fazer em casa. Sem complicações nem utensílios caros e apenas com dois ingredientes. Perfeito não?

    Imagine agora comer o seu próprio iogurte da maneira que mais gosta, ao pequeno almoço ou ao lanche. Eu gosto do meu logo pela manhã, se possível com frutos secos caramelizados e frutos silvestres. Isso sim é perfeição! Ou então ao lanche com uma boa colher de açúcar amarelo e sentir os grânulos de açúcar a desfazerem-se na boca, tal e qual como fazia quando era miúdo.

  • Salmão com salva, abóbora manteiga e acelga

    O Inverno está quase no final e a Primavera a chegar, os dias a ficar maiores, o cheiro na rua a mudar, a luz reconfortante… Sim, estou quase pronto para a mudança de estação, mas não sem antes me despedir da minha abóbora preferida, sem ela, tenho a certeza que o inverno seria ainda mais frio.

Back to top