Paris

A nossa estadia em Paris era suposto ter começado mais cedo e de modo mais suave. Quando viajamos o melhor é estarmos sempre preparados para um imprevisto. Foi o que aconteceu com o cancelamento do Eurostar para Paris, devido a um enorme nevão no norte de França que afectou a linha de alta velocidade. Fomos, portanto, obrigados a controlar o desejo de croissants estaladiços por mais dois dias.

Our stay in Paris was supposed to start earlier and more smoothly. When we travel the best is to be prepared for the unexpected. That was what happened with the cancellation of the Eurostar to Paris, due to the huge snowstorm in the North of France which affected the high-speed line. Therefore, we were forced to control our desire for crispy baked croissants for two more days.

A viagem é rápida, muito semelhante a Lisboa – Porto no Alfa e o percurso dentro do túnel do canal é de apenas 20 minutos. Chegámos a Paris num instante e ainda por cima tínhamos um belo dia de sol à nossa espera. Parfait!

Paris não é uma cidade muito grande, por isso a melhor forma de a descobrir é a pé, deambulando pela paisagem urbana como um verdadeiro flâneur apaixonado pela multidão, observando cada detalhe. Evitem os pontos mais turísticos e deixem-se levar pelo acaso.

Aproveito ainda para dar o seguinte conselho: não vale a pena irem ao café da Amélie em Montmartre. Em primeiro lugar porque ela, obviamente, não está lá, e a menina que nos atende não é tão gira. Bem, na realidade é gira, mas a falta de simpatia definitivamente não compensa. Bem sei que a hospitalidade francesa é bastante peculiar, mas há de certeza outros cafés em Paris que justifiquem a nossa presença.

Le Camion Qui Fume, comida itinerante

Le camion qui fume

Bem, este não é propriamente um clássico francês, mas veio com certeza dar um outro significado à palavra hamburguer aos parisienses que não se importam de esperar ansiosamente na fila, mesmo com um frio gélido. O que eu sofri com aquele frio, mas digo-vos, todo o sofrimento será recompensado!

O conceito é importado dos Estados Unidos por Kristin, chef californiana que foi estudar cozinha francesa para Paris. Percebeu a grande lacuna que existia quando queria comer um bom hamburguer a um preço aceitável e não deixou escapar a oportunidade de negócio. É também uma das únicas oportunidades que terá para comunicar em inglês, o staff é todo americano.

Le Camion Qui Fume é o típico camião Americano de comida de rua elevado à categoria gourmet, bem ao estilo francês. Os ingredientes, cuidadosamente seleccionados aos produtores locais, denotam uma enorme paixão pelos produtos franceses. Mas aqui come-se bem ao estilo americano: com as mãos, acompanhado de batata frita estaladiça e uma bela dose de ketchup, que, aliás, deve ser o único ingrediente americano naquele camião!

O pão, tipo Brioche, é produzido por um padeiro local (não preciso dizer mais nada, pois não?). A carne é de uma qualidade reconhecível e cozinhada na perfeição. Apesar de não ter sido a minha escolha, não pude deixar de reparar no hamburguer cujo ingrediente bem português saltava à vista, molho de vinho do porto.

A grande particularidade deste camião é o facto de ser móvel, a sua localização é planeada semanalmente e divulgada através da internet. Para saber onde se encontra, basta visitar o site e pôr-se a caminho.

le camion qui fumele camion qui fumele camion qui fume

Livraria Gourmande

Estamos no país da gastronomia. A par da Itália, os franceses no geral são muito cultos a nível gastronómico, aliás, para eles é um modo de vida. Para quem tem interesse nesta categoria, a Librairie Gourmande é de paragem obrigatória.

Cuidado, vai ser muito fácil perder a cabeça. Os preços são convidativos e a variedade é incrivelmente vasta. A desvantagem é os livros serem todos em francês, o que para alguém como eu (o francês ainda é um território praticamente desconhecido) pode revelar-se um enorme desafio. Nada que um bom dicionário Francês – Português não resolva!

livraria gourmand

Morada

Librairie Gourmande
92/96 Rue Montmartre
75002 Paris

The journey is quick, very similar to Lisbon – Oporto on the Alpha and the route inside the English Channel lasts 20 minutes. We arrived to Paris very quickly and above all we had a beautiful sunny day awaiting us. Parfait!

Paris isn’t a big city, so, the best way to discover it is on foot, wandering through the urban landscape like a truly passionate flâneur among the crowd, watching every detail. Avoid the tourism spots and let yourself go by chance.

I will also give the following advice: it isn’t worth going to the Amelie Montmartre cafe. First of all because she, obviously, isn’t there, and the girl that is serving us isn’t so cute. Well, actually she is cute, but the lack of sympathy doesn’t pay off. I know that the French hospitality is very peculiar, but for sure there are other coffees in Paris that justify our presence.

Le Camion Qui Fume, itinerant food

Le camion qui fume

Well, this is not exactly a French classic but it surely brought another meaning to the word hamburger to the Parisians, who do not mind to anxiously wait in line, even with a cold chill. What I suffered with that cold, but I tell you, all the suffering will be rewarded!

The concept is imported from the United States by Kristin, a Californian chef who went to study French cuisine in Paris. She realized the huge gap that existed when she wanted to eat a good hamburger at an acceptable price and he didn’t wasted the business opportunity. It is also one of the only opportunities you’ll have to speak in English, all the staff is American.

Le Camion Qui Fume is the typical street food American truck elevated to a Gourmet category, with a French style. The ingredients, carefully selected from local producers, show a huge passion for French products. But here we eat at the American-style: with our hands, accompanied by crispy fries and a nice dose of ketchup, which, incidentally, must be the only American ingredient in that truck!

The bread, Brioche kind, is produced by a local baker (no need to say anything else, is it?). The meat has a recognizable quality and is cooked to perfection. Although it hasn’t been my choice, I could not help noticing the hamburger whose Portuguese ingredient caught my attention, port wine sauce.

The greatest feature of this truck is that it is mobile; its location is weekly planned and released on the internet. To know where it is, just visit the site and get on the road.

le camion qui fumele camion qui fumele camion qui fume

Gourmande Bookstore

We are in the gastronomy country. Alongside Italy, the French in general are highly educated in a gastronomic level; moreover, it is a way of living to them. For those interested in this category, the Librairie Gourmande is a mandatory stop.

Be careful, it will be very easy to lose your head. Prices are appealing and the variety is incredibly vast. The downside is that all the books are in French, which for someone like me (French is still an unknown territory) can prove to be a huge challenge. Nothing that a good French to Portuguese dictionary won’t solve!

livraria gourmand

Address

Librairie Gourmande
92/96 Rue Montmartre
75002 Paris

 

 

Leave a Reply

Back to top