• Não sei se é o aroma adocicado do endro ou o fumado do peixe que tornam este molho irresistível. Possivelmente a combinação dos dois. Tenho usado este molho tantas vezes cá em casa que já se torna repetitivo, aqui no blog podem encontrá-lo por exemplo nestas ervilhas frescas grelhadas. Parece redutor, eu sei, mas é simplesmente delicioso. A sério que estava plenamente convicto que a minha erva aromática favorita era o coentro, mas o cheiro do endro mexe comigo mesmo a metros de distância!

  • “O Inverno este ano está a ser longo”, ouviu-se repetidamente. De facto, Janeiro e Fevereiro foram meses bons no Pico, mas em Maio a chuva e o frio decidiram atacar com força. A água, fria, mais fria do que é habitual para esta altura, acabou por atrasar o inicio da época do atum e a Albacora que gosta de aparecer por águas açorianas por volta do fim de Maio a inicio de junho, este ano “está em força na Madeira” diziam com preocupação.

  • Celebrar a Primavera ao ar livre era o desafio, por isso preparei algumas das minhas receitas preferidas, reuni um grupo de amigos e fizemos um picnic em Sintra numa tarde de Junho do ano passado. Estava frio mas a companhia e a comida fizeram-nos sentir suficientemente aconchegados e entretidos.

    Este picnic foi publicado na Spoonful Mag, Spring 2017 – Volume Two, Issue One – “Air”, incluindo as receitas que partilharei em breve convosco.

  • Ainda um pouco deslumbrado com a atmosfera altamente criativa que passou a semana passada por São Lourenço do Barrocal. Foram 4 dias inteiramente dedicados à fotografia de comida e lifestyle e ao styling. Mas também à boa comida e ao convívio entre pessoas talentosas que não se conheciam mas que encontraram ali temas e interesses em comum.

Back to top