entrecosto grelhado com chutney de hortelã, ervilha, favas e batata nova / grilled pork ribs with mint chutney, fava beans, peas and spring potaoes

Continuo numa de favas e ervilhas e bastante entusiasmado por ter descoberto mais uma forma criativa e saborosa de as comer. No fim-de-semana passado fomos até ao Alentejo em busca do calor e dos dias calmos, dedicados à leitura, à fotografia, à natureza e, claro, à comida.

Nestes dias, gosto de acordar cedo com vontade de fazer croissants e sumo de laranja. Deixar passar calmamente o tempo enquanto se toma um confortante pequeno-almoço e sentir a leveza dos dias, a brisa quente e adocicada, o silêncio da planície e as noites quentes. Alentejo é isto.

Aproveitei para levar alguns livros pendentes, e, fingindo que já é verão a sério, sentir o frio da tijoleira nos pés descalços ao fazer a fogueira para um belo churrasco.

Alentejosumo de laranja / orange juicealentejocroissants Alentejo

A receita do chutney  de hortelã que acompanha as favas, as ervilhas e a batata nova é adaptada do livro de Gregory Marchand, de quem já vos falei nesta salada de cenoura, abacate laranja e lima. Continuo fascinado com este livro, para quem não conhece sugiro que o façam.

A receita original pedia manga verde, eu usei o que tinha à mão, uma manga madura. Acrescentaria ainda um chilli verde, mas infelizmente não consegui encontrar e acabei por não usar. Nao precisam de ficar pelo entrecosto, podem optar pela carne que preferirem. Sinceramente apetecia-me mesmo comer um belo entrecosco grelhado.

Ingredientes

Carne

Para 2 pessoas

  • 500g de entrecosto de porco
  • Raspa de um limão
  • 1 colher de sobremesa de chilli em pó ou em flocos
  • 1 raminho de alecrim
  • 2 alhos picados
  • Azeite qb
  • Pimenta preta qb
  • Sal marinho qb

Acompanhamento

Para 2 pessoas

  • 10 batatas novas pequenas
  • 100g de ervilha fresca sem vagem
  • 150g de fava fresca sem vagem
  • 1 colher de sopa de manteiga

Chutney de hortelã

Até 4 pessoas

  • 1 mão cheia de folhas de hortelã
  • 1/2 mão de coentros
  • 1 colher de chá de cominhos em pó
  • 1/2 manga verde descascada
  • 1 chilli verde sem sementes (opcional)
  • Sal marinho qb
  • Azeite qb

Vamos a isso

Carne

A carne deve marinar no mínimo uma hora mas eu gosto de a deixar a marinar de um dia para o outro.

Tempere a carne com todos os ingredientes excepto o sal e reserve no frio. Adicione um pouco de sal apenas quando a colocar na grelha. Deixe repousar uns minutos depois de cozinhada coberta com papel de alumínio. Se preferir pode assar a carne no forno.

entrecosto de porco / pork ribs

Chutney de hortelã

A quantidade do chutney serve perfeitamente umas 4 pessoas ou pode guardar o excedente no frio e dar-lhe uso mais tarde conforme a sua imaginação.

Misture todos os ingredientes do chutney num processador de alimentos e pique muito bem até obter uma consistência cremosa. Adicione mais azeite se achar necessário e verifique os temperos. Reserve no frio.

chutney de hortelã / mint chutneyAlentejo

Acompanhamento

Coza as favas durante 2 a 3 minutos se forem grandes, 1 minuto se forem mais pequenas. Retire do lume e passe por água fria. Descasque-as uma a uma e reserve.

Se optar por grelhar a carne, aproveite as brasas para assar as batatas, embrulhadas em papel de alumínio. Junte 5 batatas inteiras por embrulho e coloque-os directamente em cima das brasas. O tempo de cozedura da batata deverá ser idêntico ao da carne, no entanto convém ir verificando para que não fiquem demasiado queimadas e virar os embrulhos de vez em quando. Se usar uma batata maior, deverá cortá-las ao meio para reduzir o tempo de cozedura. Pode ainda optar por simplesmente cozer as batatas.

Enquanto a carne repousa uns minutos depois de cozinhada, aqueça uma frigideira e salteie as ervilhas frescas na manteiga, 2 a 3 minutos ou até ficarem tenras. Juntar as favas cozidas e as batatas assadas, saltear mais um pouco. Desligue o lume e acrescente uma colher ou duas do chutney de hortelã. Envolva tudo delicadamente.

Pronto a servir juntamente com a carne e um bom copo de vinho!

almoço no Alentejo / lunch in AlentejoAlentejo

12 Comments

  1. joana 07/06/2013 at 10:48 · Reply

    óptimo óptimo óptimo, esse chutney vindo do gregory deve ser uma delícia, mas espanto-me como o vinagre não entra numa receita de chutney!
    alentejo é isso mesmo, a calma que transmitem as fotografias faz-me querer voltar para a quinta… :) Tão bom!

    • Filipe 07/06/2013 at 11:13 · Reply

      Tens razão, mas esta não leva mesmo vinagre. Porque originalmente leva manga verde. O Alentejo é lindo! :)

  2. joel vieira pires 07/06/2013 at 10:59 · Reply

    Nice kid!!
    Adorei… Quer dizer o ”comer” n sei, mas a forma como escreves adoro!! :)
    Beijinhos e abraços!

    J

    • Filipe 07/06/2013 at 11:14 · Reply

      Obrigado Joel! Abraço!

    • Filipe 07/06/2013 at 11:19 · Reply

      É muito saboroso. O Alentejo é tão fotogénico!

  3. Inês Oliveira 07/06/2013 at 15:56 · Reply

    Uau, esse chutney parece uma delícia! Gostei muito das paisagens e dos pormenores nas fotos ;)
    Beijinhos
    Inês

  4. Ginja 08/06/2013 at 14:04 · Reply

    Alentejo é mesmo isso, calma, natureza, aproveitar as coisas boas que ele nos dá.
    Já tenho saudades de ir até lá, e ainda me falta tanto para as férias.
    Esse chutney, do livro que me anda debaixo de olho, parece um sonho. Adoro a hortelã, com os coentros e a manga. Que perfume!
    Um beijinho.

  5. Pingback: Apanha da Azeitona no Alentejo | Chilli com Todos
  6. Bárbara 04/12/2014 at 11:57 · Reply

    Olá, Filipe. Antes de mais, parabéns pelo blog, é delicioso : ) Pode indicar-me a temperatura e por quanto tempo deve a carne cozinhar se a opção for o forno? Obrigada!

    • Filipe 09/12/2014 at 10:17 · Reply

      Obrigado Bárbara! Eu diria 180º uns 15 a 20 minutos.

Leave a Reply

Back to top