tarte de amêndoa / almond tart

Não costumo fazer doces com muita frequência, tenho três ou quatro receitas que gosto de fazer para satisfazer alguns desejos repentinos e fico-me por aí. Acho que a doçaria é uma área muito mais meticulosa e, como eu tenho pouca motivação para seguir receitas à risca, acabo por não explorar muito. Por isso serão poucas a vezes que publicarei uma receita de algum doce aqui no blog.

Mas esta tarte de amêndoa é especial. Porquê? Por várias razões, primeiro porque desde sempre me lembro de a minha avó fazer este bolo. Tenho memória de chegar a casa depois da escola quando era miúdo e ver a tarte em cima da mesa, à minha espera. Era como uma espécie de recompensa gulosa por dever cumprido! Depois porque acho perfeita a combinação da amêndoa com o doce de ovo. Como não leva farinha, o que lhe dá corpo são as claras em castelo juntamente com a amêndoa moída, por isso a sua textura é tão suave e fofinha que se a pressionarmos depois de cozida conseguimos ouvir o ar a sair.

Esta tarte é presença obrigatória em jantares e almoços de família, e se por instantes me distraio corro sérios riscos de já não ir a tempo! E ninguém gosta quando isso acontece!!

tarte de amendoa / almond tart

Tarte de amêndoa e doce de ovo

Massa

250g de amêndoa com casca
6 ovos
250g de açúcar
1 colher de chá de fermento para bolos

Doce de ovo

6 colheres de sopa de açúcar
10 colheres de sopa de água
4 gemas
1 noz de manteiga

Aquecer o forno a 180º. Lave as amêndoas e de seguida seque-as com um pano. Quando estiverem bem secas reduza-as a farinha usando um processador de alimentos.

Misturar as gemas com o açúcar e o fermento até ficar cremoso. Bater as claras em castelo. Juntar as claras às gemas e misturar muito bem. Adicione a amêndoa moída e envolva tudo novamente.

Colocar a massa numa forma untada com manteiga e farinha. Cozinhar no forno durante 20 a 30 minutos. A massa deve cozer lentamente para não ficar com a base crocante, se necessário faça o teste de cozedura com um palito.

Doce de ovo

Junte o açúcar e a água num tacho (a água deve cobrir o açúcar). Colocar o tacho em lume brando mexendo frequentemente até atingir o ponto de fio. Retirar do lume e deixar arrefecer um pouco. Adicione lentamente as gemas batidas ao açúcar, mexendo constantemente.

Levar novamente ao lume. Quando levantar fervura retire e adicione a manteiga. Misture bem até obter uma consistência cremosa. O doce de ovo deve arrefecer até temperatura ambiente antes de o colocar no topo da tarte.

tarte de amendoa / almond tarttarte de amendoa / almond tart

16 Comments

  1. Joana 11/05/2013 at 9:24 · Reply

    Também não sou muito de doces… Engraçado que temos um bolo parecido que também não falha reuniões de família. Mas a massa só leva amêndoa, açúcar e claras e as gemas são usadas para o doce de ovos.
    Por aqui estou a acabar de escrever o post de hoje :)
    Bom fim-de-semana!

    • Filipe 11/05/2013 at 12:52 · Reply

      Que coincidência engraçada! E é inteligente usar só as claras na massa e as gemas no doce, pelo menos não ficam sobras. Beijinhos e bom fim de semana! Vou já já ver o teu novo post! :)

  2. Inês Oliveira 12/05/2013 at 22:44 · Reply

    Parece-me perfeito :)
    Parabéns pelo blog, está muito interessante, adoro as fotografias em particular e também gosto bastante do tom da escrita! Vou seguir!
    Boa semana,
    Inês

    • Filipe 13/05/2013 at 10:11 · Reply

      Obrigado Inês! Não conhecia o teu blog, vou explorá-lo com muita atenção!! Boa semana!

  3. my sweet cloud 12/05/2013 at 22:51 · Reply

    Mmmm!
    Que aspecto… Suculento!
    Deu-me uma vontade imensa de experimentar fazer e…comer!!!

    • Filipe 13/05/2013 at 10:16 · Reply

      Obrigado Rita! Gosto tanto deste bolo! comer é a melhor parte :) experimenta e depois diz como ficou!

  4. Vera 13/05/2013 at 22:24 · Reply

    Olá, estou a a adorar o chili com todos, parabéns pelo espaço e pelo trabalho desenvolvido.
    Esta tarte de amêndoa ficou invejável.

    • Filipe 13/05/2013 at 22:29 · Reply

      Obrigado Vera!

  5. Sandra trindade 14/05/2013 at 11:49 · Reply

    Bem Filipe tem muito bom aspecto ,e eu que gosto tanto de doces e de experimentar novos, vou tentar fazer a massa só com as claras,ver o q dá!

    • Filipe 14/05/2013 at 13:07 · Reply

      Olá Sandra! Experimenta, deve ficar mais fofinho

  6. Ginja 15/05/2013 at 10:55 · Reply

    Hoje tive tempo para vir vê-la com tempo!
    Eu sou muito gulosa :) E adoro estas receitas com tradição, com cheiro a família e bons momentos.
    Perfeita! E as fotos lindas.
    Um beijinho.

  7. Ana Mafalda 16/06/2013 at 10:27 · Reply

    Eu cá gosto imenso de cozinhar doces, mas também gosto de seguir tudo à risca :p
    Esta receita chamou-me logo a atenção pois sou uma grande adepta de doces com amêndoa!
    Gostei muito de conhecer o seu blog :)

    Beijinhos

    http://naminhacozinha-5.blogspot.pt/

    • Filipe 18/06/2013 at 10:38 · Reply

      Obrigado!

  8. Romina 13/02/2014 at 12:14 · Reply

    Vou experimentar fazer para o aniversário do meu filho que se aproxima. Adoro amêndoa. E não faz mal se sobrar claras, costumo congelar e depois de ter uma certa quantidade, aproveito para fazer o gelado quente e frio. Delicia.

    • Filipe 14/02/2014 at 1:16 · Reply

      Boa Romina! Depois conte como correu!

Leave a Reply

Back to top